Lisboa,

sábado, novembro 24, 2012

sonhei

 
 
Sonhei, sonhei, sonhei,
sonhei que a Vida era a vida,
curtindo o sol duma estrela
nesse repente nascida...
 
..................................
 
Quando o sonho se escapar
pra lá da estrela cadente,
serei eu que te vou contar
como a Vida Se fez gente.
 
E jamais irás dormir,
nem sequer vais respirar;
apenas irás sentir
que és Deus a experienciar...



quinta-feira, novembro 22, 2012

almofadas

A almofada é o meu templo.
É nela que me afogo no silêncio ensurdecedor que desperta pensamentos e visões do espírito.
Nela sossego, nela encontro o remoinho de dúvidas e desejos.
No seu aconchego nascem e renascem ideias e sentimentos.
Na minha almofada está um Deus que me fala, está um Eu que se aproxima, buscando fazer-me entender o que os intérpretes da vida não ensinaram.
A musa que me entoa os versos, o mestre que me revela mistérios, os zumbidos que entontecem, as dúvidas que se entrelaçam - é na minha almofada que sou cúmplice com todas as vozes e sons.
De manhã renasço mais rico, mas sempre preparado para entrar de novo no meu templo...

 

sábado, novembro 17, 2012

over the america

 
FLYING OVER AMERICA


video
 
 



sábado, novembro 10, 2012

contigo

video

Parabéns!
O dia desperta com um sol envergonhado, mas com força para aquecer ainda mais os corações de quem deseja um dia feliz.
Eu desejo... e vou passear por ele e retirar dele a alegria que ele contém.
Contigo!...

sexta-feira, novembro 09, 2012

para ti

 
Vou te mandar
um beijo molhado
coberto de amor
e bem torneado
dentro dum frasco
pintado de branco
feito de sonhos
dum sorriso franco
deitado no mar
no leito da vida
buscando na rota
a esperança perdida


 


quarta-feira, novembro 07, 2012

parabéns

 
 
Trinta e três!!!
Passamos céleres por um tempo que, cada vez mais intimamente, acreditamos ser um  tempo só, uma mistura de presente, passado e futuro,  acontecendo simultaneamente, sem disputas nem regras complexas.
Os teus 33 são também meus!
Estão no mesmo bornal, são sonatas cantadas em uníssono, são silêncios gritados ao prazer de viver.
Nem sempre tem sido fácil criar e renovar e vivenciar a essência daquilo que nos faz feliz.
Mas a festa está sempre presente, quando acreditamos que é possível conciliar o gosto de dar com o gosto de receber.
PARABÉNS por isto, por aquilo e por tudo!
É com orgulho que relembro e que recrio cada passo que démos juntos.