Lisboa,

segunda-feira, novembro 03, 2008

happier than god


"Houve alguém que disse que a felicidade não é conseguir o que queremos, mas querer o que conseguimos. Essa pessoa tinha toda a razão.
A gratidão é a cura milagrosa de todos os momentos de doença. É a melhor maneira de pôr termo à ansiedade, de compensar os desapontamentos, de substituir a negatividade pela positividade. É o atalho mais curto para voltar ao verdadeiro caminho. É a energia que nos liga a Deus.
Experimente pelo menos uma vez.
A próxima vez que for confrontado com qualquer acontecimento indesejado, com alguma experiência desagradável, limite-se a parar. Pare no meio do que quer que esteja a fazer. Limite-se a...

...parar.

Feche os olhos por um instante e diga para si: "Obrigado, meu Deus."
Respire bem fundo, devagar, e repita aquilo que disse.
"Obrigado por esta dádiva e pelo tesouro que ela encerra para mim."
Pode ter a certeza de que ela encerra um tesouro, mesmo que não o veja imediatamente. A vida provar-lhe-à que assim é, se lhe der essa oportunidade."

("Mais feliz que Deus" de Neale Donald Walsch)

8 Comentários:

At novembro 03, 2008 6:11 da tarde, Blogger Jonice diz...

Saudades iguais, Amaral. E vim cá matá-las...
So very true, these words of Neale's. Being grateful is a state we were born in but it seems we are oblivious to. Great reminders we have always come across whenever we come here to your corner.

 
At novembro 03, 2008 8:02 da tarde, Blogger tb diz...

perfeitamente de acordo. Tenho isso como experiência e costumo fazer. :)
beijinhos saudosos

 
At novembro 04, 2008 10:42 da manhã, Blogger Paula Raposo diz...

Começo a acreditar que sim. Beijos.

 
At novembro 04, 2008 10:46 da manhã, Blogger MARINA diz...

oi!! adorei o seu blog!! visite o meu depois marypretty.blogspot.com e me diz o q achou!! t+ felicidades!!

 
At novembro 04, 2008 5:53 da tarde, Blogger Papoila diz...

E eu digo apenas Obrigado... pelas mensagens que aqui nos deixas.

beijinho
BF

 
At novembro 05, 2008 3:32 da tarde, Blogger TribalistaGlobalizada diz...

Novo blog: http://fanaticosikea.blogs.sapo.pt/

 
At novembro 05, 2008 8:38 da tarde, Anonymous Ana Paula diz...

Bem regressado meu querido e terno amigo.
A mensagem que hoje nos deixas, trouxe-me lágrimas aos olhos...
Pelo facto de me ter tocado tão profundamente, por ter vivenciado um momento desses (à tão pouco tempo)... e, somente depois de muito bracejar, espernear, e chorar tb, é que a revolta e frustração se afastaram de minha vista, de meu coração. E foi nesse momento, que percebi que tinha que ser, que tinha de atravessar esse caminho, de sentir essa dor, e de aceitar de cabeça erguida o amargo que me foi destinado. A perspectiva que temos, quando nos afastamos da parede onde insistimos em esbarrar, é totalmente diferente, quando aceitamos que ela está lá, sempre esteve e o melhor que temos a fazer, é contorna-la e seguir em frente...rumo a um horizonte cheio de cores e magias que tb estão com certeza nesse nosso caminho traçado.
Já te disse alguma vez que adoro ler os teus textos?
(...talvez, algumas vezes...rs)
Obrigado sempre meu querido, e, não fiques muito tempo afastado, fazes falta "aqui"!!!!
Beijinhos imensos, de carinho.

 
At novembro 09, 2008 8:34 da tarde, Blogger ☆Fanny☆ diz...

Sim, meu amigo!

Por muito desânimo que carreguemos, é bom não esquecer esta dádiva!

Hoje vim aqui e achei que algo me moveu a fazê-lo. Talvez um anjo me tenha dado a mão... Obrigada por este post, que apesar de já ser mais antigo, hoje constituiu um bálsamo para o meu sentir...

Obrigada, meu Deus!

Um beijinho*

Fanny

 

Enviar um comentário

<< Home