Lisboa,

sexta-feira, novembro 07, 2008

hoje de festa

O tempo passa célere.
Tão apressado que nos fere a vista e o entendimento,
escondendo os momentos que já não voltam a repetir-se.
Ficam para trás, puros e virgens,
cheios do muito,
do belo e do encanto - circos de cor,
filmes de sonho,
sonatas cantadas no silêncio.

Já se encurta uma distância indesejada;
Já soam zumbidos que não se entendem.

Hoje, as trombetas festejam os ares,
esquecem os porquês,
perdoam lamentos,
reúnem amores e desamores
para uma festa anunciada.

Lá no alto da escadaria dourada,
a multidão acena de alegria.
São anjos que brindam
e cantam
e dançam
o crescer dum filho que iluminam.




São 29, não esqueci!
Enquanto aqui estiver, vamos celebrá-los com o coração.
Lá no alto da escadaria dourada, continuarei a fazer o meu melhor!

Mas importa lembrar: Muito mais do que os bons momentos do passado...
e de todos aqueles que o futuro ainda esconde...
não devemos esquecer os momentos do presente...
os únicos que fazem a nossa realidade e são a felicidade de cada um de nós!...

PARABÉNS, Marco!!!!!!

10 Comentários:

At novembro 08, 2008 8:10 da manhã, Blogger Jonice diz...

Happy birthday :)

 
At novembro 08, 2008 9:25 da tarde, Anonymous Ana Paula diz...

Parabéns a ele.
Partilho-o, por ti, por ele, pelo Universo.
Lindas as tuas palavras. Bjinho com carinho.

 
At novembro 09, 2008 1:05 da manhã, Blogger Paula Calixto diz...

Parabéns a ele e a sua inspiração!

Beijos.

 
At novembro 09, 2008 8:29 da tarde, Blogger ☆Fanny☆ diz...

Parabéns Marco!

Um beijinho e um sorriso*

Fanny

 
At novembro 10, 2008 3:20 da tarde, Blogger Paula Raposo diz...

Com uns dias de atraso, os meus parabéns. Bonito o teu poema. Beijos.

 
At novembro 11, 2008 11:20 da tarde, Blogger Papoila diz...

Bonito cartão de aniversário feito poema.

Parabéns aos dois.

beijos
BF

 
At novembro 12, 2008 9:01 da tarde, Blogger Ana diz...

Olá querido Amaral.
Saudades...
Mil bjinhos de carinho.
Ana Paula

 
At novembro 15, 2008 1:35 da tarde, Blogger Litinha diz...

Parabéns. Parabéns a ambos.
Parabéns Amaral pelo teu sentir em jeito de poema.
Parabéns ao Marco pelas suas 29 primaveras.
Que seja como dizes: façamos do presente a nossa realidade, desejada de ser recordada no futuro.
Construamos o nosso futuro, hoje.

Agradeço, sensibilizada, a “viagem” que fizeste pelo “Fragmentos”.

Bom fim-de-semana.

 
At novembro 16, 2008 4:09 da tarde, Blogger ci diz...

Parabéns a ele entao...

beijo da ci

 
At novembro 16, 2008 8:56 da tarde, Blogger lena diz...

entro presa à saudade, leio o poema que tanto diz

o dia 7 já foi há uns dias, mas brindo do alto das escadarias ao Marco, pelos seus 29 anos e brindo a ti, a todos os momentos que tive i prazer de te ler

é bom passar e sentir-te.

agarro-me a essas forças Amaral


beijinhos para ti um um abraço onde o carinho existe

lena

 

Enviar um comentário

<< Home