Lisboa,

sexta-feira, janeiro 30, 2009

desejar ter


Desejar "ter" chega a ser mais do que obsessão!
O querer ter faz parte do ego humano. O ego quer, e todas as vontades têm que ser-lhe prestadas para que ele se satisfaça.
Ninguém "tem" alguma coisa em absoluto, porque quando morrer não a leva consigo.
Tudo é propriedade do universo que vai atribuindo e depois recriando.
O universo dá! O ser humano recebe quando "fixar" o que pretende e o tornar manifesto na realidade do seu dia-a-dia.
O processo não pára!
A vida vai fluindo, tudo vai acontecendo... no imaginário, na realidade, no sonho, no desejo, no simples acto de criar...


7 Comentários:

At janeiro 30, 2009 10:18 da manhã, Blogger Paula Raposo diz...

Concordo inteiramente. Nós não possuímos coisa alguma. Muitos beijos de bom fim de semana.

 
At janeiro 30, 2009 2:45 da tarde, Blogger Brisa do Mar diz...

O universo dá-nos tudo aquilo que necessitamos, mas o nosso ego quer sempre mais...
Seremos insatisfeitos por natureza?
BJ e Bom Fim de Semana!

 
At janeiro 30, 2009 8:20 da tarde, Blogger Jonice diz...

"Eis o grande segredo que ninguém sabe.
Aqui está a raiz da raiz
O botão do botão
E o céu do céu
De uma árvore chamada vida
Que cresce mais que a alma pode esperar
Ou a mente pode esconder
Carrego seu coração comigo
Eu o carrego no meu coração
Nunca estou sem ele
Onde quer que vá, você vai comigo"
E.E. Cummings

Tuas palavras cheias de sabedoria me fizeram lembrar destas outras que aqui deixo.

Bom fim de semana e um beijo :)

 
At janeiro 31, 2009 8:44 da manhã, Blogger Laura diz...

Ah, se todos soubessemos desejar, se aprendessemos que o Universo tudo tem para dar, e se soubermos pedir com sabedoria, ah, como viveriamos todos muito melhor, mas...deseja-se o que nem faz falta, deseja-se o que nunca nos trará a felicidade e assim...até nos irmos, continuamos a desejar o que nem precisamos mesmo... Beijinhos d alaura e obrigada pelo miminho nestes dias...

 
At janeiro 31, 2009 3:33 da tarde, Anonymous Ana Paula diz...

Olá querido Amaral.
Os desejos, são a perdição!
No entanto, o que se deseja com amor e de coração, alcança-se! É a lei do eterno retorno.
As "coisas" que não nos são necessárias, perde-mo-las com uma facilidade tremenda, e mais, nem nos apercebemos!
Adorei a tua mensagem.
Beijos mil de carinho e bom fim de semana.

 
At janeiro 31, 2009 6:23 da tarde, Blogger vida de vidro diz...

Absolutamente de acordo. Não possuímos nada e esse é o difícil segredo da sabedoria. **

 
At janeiro 31, 2009 9:18 da tarde, Anonymous entremares diz...

" E aqui estamos nós,
passageiros efémeros de uma tão curta viagem, desejando possuir castelos de areia.

A eternidade não é um tempo nem é um lugar.
A eternidade é a procura"


http://entremares.blogs.sapo.pt

 

Enviar um comentário

<< Home