Lisboa,

quarta-feira, fevereiro 25, 2009

faz feliz a parte de Mim que és tu

Muito raramente repito a publicação dum mesmo texto.
Hoje, vou recuar a Janeiro de 2007 e volto a escrever uma das coisas que mais profundamente me tocou até hoje:


Esta madrugada, tive mais uma longa conversa com... Deus!
Talvez não fosse bem isso, conversei com o meu "eu" ou talvez com "os meus botões" (afinal, tenho três botões no casaco do pijama...).
Para simplificar, digamos que tive uma longa "conversa"... Comigo!

Falámos de muita coisa. Tanta, que da maior parte já me esqueci.
Mas... entendi TUDO. Não houve uma única coisa que não tivesse ficado esclarecida no meu entendimento. E foi bom! É sempre bom quando "aquilo" que vem ter connosco faz todo o sentido e se harmoniza com o que sentimos "ser assim"...

Seriam quatro da madrugada e eu ainda não tinha conseguido adormecer.
Depois de tamanha "conversa" aconcheguei-me, finalmente, sobre o lado esquerdo e abracei-me para dormir o resto da noite.
Sentia-me bem, calmo, divinamente sereno. E nesse conforto, nessa serenidade, a "Voz" veio de novo, como a água límpida dum riacho:
"Faz feliz a parte de Mim que és tu!"
Só à terceira ou quarta vez procurei "o sentido". Que frase complicada! Quase não dá pra entender.
"É a frase mais simples que alguma vez ouviste!"
Simples?...
"Olha para Ela e escuta-A!"
No silêncio de todos os pensamentos, constatei que era verdade. Era bonita a frase. Era mais do que uma frase. Um conselho?...
Amanhã, quando me levantar, já nem me lembrarei dela...
"Vais lembrar, porque não é uma frase qualquer!"
É verdade que a "Voz" vibrou por dentro de mim, com esta frase, vezes sem conta.
"
Faz feliz A PARTE DE MIM que ÉS TU.

Será que é possível decompor estas palavras?

Faz Feliz
a Parte de Mim - O BOCADO DE DEUS
que És Tu - Amaral (indivíduo)

Amaral, faz feliz essa "Parte de Mim".

Amaral (como parte de Deus), faz feliz Deus!

Amaral, faz Deus feliz!


Dormi até às 12 horas, mas acordei por várias vezes!
O êxtase da noite que passara diluíu-se na realidade de mais um dia cinzento de Janeiro...

Tento lembrar-me de alguma coisa do muito que preencheu uma noite diferente.

Uma noite que me confirmou que TU e EU e DEUS e TUDO O MAIS... somos unicamente UMA COISA. Onde está TUDO, onde TUDO se movimenta, onde TUDO existe - aquilo que se vê e aquilo que não se vê.

Vou dizer-te o mesmo que me "disseram":

"Faz feliz a parte de Mim que és tu!"


Hoje, recordo os mesmos momentos com um aperto no peito.
E com a firme impressão de que é esta a nossa missão aqui, neste mundo físico, enquanto partes individualizadas do mesmo Deus.

9 Comentários:

At fevereiro 25, 2009 12:52 da manhã, Anonymous Ana Paula diz...

Olá, que tenhas uma noite linda e tranquila e, um bom descanso.
A tua partilha de hoje, ainda que remonte a 2007, hoje, reacendeu no momento em que a transcrevias esse tremor, a emoção o sentido...não o mesmo de 2007, mas sim o de hoje, o momento presente...2009! Humm, é bom, tão bom podermos sentir com fervor emoções que por vezes vamos esquecendo ou desvalorizando no dia a dia.
"Faz feliz a parte de Mim que és tu!"- Linda a frase, o sentido, a certeza que invoca...
O nosso propósito de vida, que nos é concedido ao nascer...sermos felizes, é a meu ver um dever!!!
Sei que por vezes me esqueço...ando a tentar melhorar, e sinto-me a melhorar, seguramente.
Mil beijinhos

 
At fevereiro 25, 2009 1:06 da manhã, Anonymous Anónimo diz...

...e sim, tenho sim um anjo da guarda, que me envolve em sua magia linda e me faz olhar em frente.
Descobri finalmente que só o sentimos, quando acreditamos.
Adorei o teu post...esqueci de dizer em cima. Ando meia despassarada!!!
Bjinhos
Ana Paula

 
At fevereiro 25, 2009 2:00 da manhã, Blogger Jonice diz...

Minha nossa! Já tem 2 anos que tiveste esse sonho, essa experiência?! Lembro-me com uma clareza impressionante de ter-te lido então. Lembro-me como gostei de tua partilha e que bom é tê-la novamente. E, sim Amaral, também eu penso que é essa a nossa missão por aqui.

 
At fevereiro 25, 2009 2:02 da manhã, Blogger Paula Raposo diz...

Não sei. Até agora só aprendo. E como tal, meu querido, não cheguei ao teu estádio. Bjs

 
At fevereiro 25, 2009 10:31 da manhã, Blogger Secreta diz...

Se publicas de novo este texto , é porque de facto, te diz muito.
Beijito.

 
At fevereiro 25, 2009 12:37 da tarde, Blogger Brisa do Mar diz...

Este texto diz-me muito, pois foi nesse dia que entrei pela 1ªvez nesta tua casa. Fui tão bem recebida que continuo a vir sempre que posso.
Bj, hoje fizeste-me feliz!!

 
At fevereiro 25, 2009 3:04 da tarde, Blogger Laura diz...

Foi a 1ª vez que li este texo que já tem dois anos. Realmente tem muito sentido. e no fim apenas quer dizer que sejas feliz e sendo-o Deus é feliz, porque fizeste a tua (Sua parte) feliz também...Lindo, emocionante... que bom que por vezes vêm aquelas palavras e pensamentos tão suaves, acordar-nos do marasmo em que levamos a vida, e, incitar-nos a evoluir... Beijinhos e já ouço, apenas os sons, sabia que seria assim para começar, e dentro de meses ouvirei as vozes e entenderei o que me dizem, agora ouço as vozes e todos os sons ao meu redor. Um abraço apertado e continua a fazer felizes a todos..laura.

 
At fevereiro 25, 2009 9:01 da tarde, Blogger Palavras de Osho diz...

Belíssimo texto!

 
At fevereiro 27, 2009 8:47 da manhã, Blogger © Piedade Araújo Sol diz...

Amigo

o teu texto...deixa marcas, mas, precisamos sempre de um sorriso nem que seja de uma estrela.

fiquei comovida...

um beij

 

Enviar um comentário

<< Home