Lisboa,

segunda-feira, fevereiro 16, 2009

o azul


O azul é suave
é cor ternura
que se combina
e se entrelaça
e se multiplica
como se o mar tivesse asas
e o céu o embalasse…

O teu sonho foi suave
como um azul bebé...

E até o espelho
te devolveu o azul
sem nada em troca…

Se o teu cantar saíu azul
é azul de beleza a tua alma
que a tens bem azulada
nos céus!


(Amaral Nascimento)

6 Comentários:

At fevereiro 16, 2009 12:23 da manhã, Blogger Conceição Duarte diz...

"Se o teu cantar saíu azul
é azul de beleza a tua alma
que a tens bem azulada
nos céus!"

Amaral que lindo isso!
Adorei, amo o azul, tudo azul, céu azul, alma azul...

Um beijo e obrigada pela sua visita tão rica em meu blog.

Bjus e ótima semana para vc!

CON

 
At fevereiro 16, 2009 3:32 da manhã, Blogger Paula Raposo diz...

Tão lindo o teu poema!! Beijos.

 
At fevereiro 16, 2009 1:08 da tarde, Blogger Poemas e Cotidiano diz...

Oi meu querido Amaral,
Vir aqui nessa manha tao azul
no seu cantinho, com essa musica
mais do que maravilhosa, me faz
sentir que meu dia sera azul..
E cheio de paz, como senti o seu
post hoje.
Um beijo querido, adoro voce, viu?
MARY

 
At fevereiro 16, 2009 1:34 da tarde, Anonymous Ana Paula diz...

"...como se o mar tivesse asas
e o céu o embalasse…

O teu sonho foi suave
como um azul bebé..."

Olá Amaral, lindas estas palavras.
Tão suaves e tranquilas, que me transmites algo deste teu momento.
Sempre, um imenso carinho me envolve quando te leio.
Obrigado querido. Mil beijos

 
At fevereiro 16, 2009 1:34 da tarde, Blogger Laura diz...

Minha cor é o azul
Meu olhar fixava-se no azul
Dos olhos de meu pai
E doo mar
Que me embalava
Em criança
E me deixava ver
As cores do arco iris
Até onde já não alcançava
O azul que por trás
Se apresentava...

Beijinhos azulados cheios d epaz e amor..laura..

 
At fevereiro 19, 2009 12:17 da manhã, Blogger tb diz...

azul do céu, azul do mar, onde gosto de mergulhar...como nas tuas belas palavras, azuis também elas.
beijinho

 

Enviar um comentário

<< Home