Lisboa,

domingo, fevereiro 15, 2009

outra vez


Será que, à frente dum espelho, eu posso pensar que "sou apenas mais um"?
Será que devo duvidar da perfeita criação?
Pela minha parte, será que conseguirei copiar o mesmo movimento, exactamente igual?
Ou será que até o mais pequeno gesto, o acto mais simples, não deixa de ser uma criação nova que consegui idealizar, uma versão diferente daquela que já construira, um retrato, uma peça, uma leitura, uma carícia, um olhar novo, mais colorido, mais luminoso, mais próximo daquilo que vou iniciar outra vez?...

8 Comentários:

At fevereiro 15, 2009 12:55 da manhã, Blogger Ana diz...

Cada ser é único. Cada momento irrepetível. Por isso deve ser vivido com nova intensidade.
Um beijo, Amaral.

 
At fevereiro 15, 2009 2:48 da manhã, Blogger Conceição Duarte diz...

Complicado isso né? Mas somos um só mesmo. Com todas as nuances que permite uma vida, com toda a criatividade que ela tem. Nós somos complexos, ricos e ao mesmo tempo não nos vemos assim. É mais fácil ver o outro, que por sua vez é único também.

Você é perfeito!

Um beijo , CON

 
At fevereiro 15, 2009 1:21 da tarde, Blogger Eli diz...

Mesmo o nosso olhar para o reflexo foi "treinado" ao longo da vida... e não vemos algo que está lá porque conseguimos ver sempre além das aparências!

:)

 
At fevereiro 15, 2009 1:39 da tarde, Blogger Poemas e Cotidiano diz...

Mas eh logico que sim, meu querido Amaral!
Sem duvida alguma, somos muito mais do que refletimos num espelho, porque damos vida aos nossos gestos, porque temos uma alma que pode ser rica (depende de nos), temos uma impressao digital
diferente, fazemos coisas que ninguem faz, somos unicos nesse Universo, assim como existem pessoas unicas, como voce!
Um beijo carinhoso. Otima semana!
MARY

 
At fevereiro 15, 2009 7:14 da tarde, Blogger Melita diz...

Só depende de nós, ser ou não apenas mais um ...
bjitooooo

 
At fevereiro 15, 2009 8:39 da tarde, Anonymous Ana Paula diz...

Doce Amaral...
Nunca será demais, "tocar-te" para te trazer ao momento em que és...
Único e inconfundível, na tua essência e no teu sentir.
..."Será que, à frente dum espelho, eu posso pensar que "sou apenas mais um"?
Será que devo duvidar da perfeita criação?"...
Nunca duvides, de ti...do teu momento.
Nunca, serás mais um!!!!
És tu, aquele que sabes ser.
Mil beijos de carinho.

 
At fevereiro 15, 2009 8:59 da tarde, Blogger Blueshell diz...

Amaral, meu bom amigo...
Eu não duvido da perfeita criação!
O caso é que a certa altura da minha vida...por razões várias...me afastei do Plano que Ele tinha traçado para mim, entendes?
...agora é tarde para voltar atrás. Filhos pródigos...houve um!
Acreditava...antigamente, no conteúdo do Salmo 23! Hoje não mereço sequer que Ele incline seus olhos para contemplar minha pequenez...

Te admiro. És um Homem Grande, sabias?

BShell

 
At fevereiro 15, 2009 9:36 da tarde, Blogger Paula Raposo diz...

Não faço a mínima ideia...aliás não sei responder-te. Beijos.

 

Enviar um comentário

<< Home