Lisboa,

segunda-feira, fevereiro 09, 2009

recorda

"Fechei os olhos e desejei baixinho que as estrelas brilhassem mais".
Um dia, sempre haverá um dia em que se vão soltar as mãos do trapézio e a ilusão se vai soltar…
Então, a verdade reaparecerá, nua, sem dor nem juizo. No circo da vida… só é preciso relembrar...
A ilusão tem o seu propósito. Não foi inventada por acaso e acontece com a naturalidade que a mente permite entender.
Depender da ilusão tem o seu lado negativo. Viver a seu lado, reconhecendo-a, tem o seu encanto.
Se conseguirmos vivenciar cada momento de uma maneira intensa, amorosa, endiabrada, "desconfiando" que estamos a ser protagonistas - então, iremos sentir-nos maiores, muito mais confiantes.
Depender de algo ou de alguém implica recuo na caminhada.
Quando se sonha e se grita e se ri e se corre pela vida, estamos a reconhecer o paraíso que pisamos.
Afinal, estamos "aqui" sem nos lembrarmos quem decidiu ou quem pediu que isso acontecesse...


9 Comentários:

At fevereiro 09, 2009 12:29 da manhã, Blogger Menina do Rio diz...

Um dia as mãos vão se soltar do trapézio e a ilusão vai por terra, mas resta-nos saber que enquanto estavamos voando, vivemos momentos intensos e esperamos que a queda seja sobre um campo gramado e florido que suavize o impacto...
Um dia...

Um escrito muito profundo!

beijo pra ti

 
At fevereiro 09, 2009 1:33 da manhã, Anonymous Ana Paula diz...

Oi querido Amaral...
Como adorei ler estas tuas palavras, "A ilusão tem o seu propósito. Não foi inventada por acaso e acontece com a naturalidade que a mente permite entender."...
Sabes, por vezes é engraçado como te saem no momento que saem, as palavras de encaixe quase perfeito no meu entendimento.
Mil beijos de carinho querido amigo, tem uma semana tranquila.

 
At fevereiro 09, 2009 1:35 da manhã, Blogger Desconhecida diz...

Ilusão é uma coisa, o sonho será outra. Ambos com bom senso e bem doseados, serão (também) a receita para uma vivencia com encanto.

beijinho de boa noita
(gosto muito dos teus textos...desde sempre ;)

 
At fevereiro 09, 2009 6:23 da manhã, Blogger Jonice diz...

"Depender da ilusão tem o seu lado negativo. Viver a seu lado, reconhecendo-a, tem o seu encanto."
Um encanto a que temos direito e tão bem nos faz. Mais do que um tempero, um ingrediente valoroso e enriquecedor.
Adorei, Amaral.
Have a sweet nice week. Beijo :)

 
At fevereiro 09, 2009 12:15 da tarde, Blogger Paula Raposo diz...

Vivendo ao lado da ilusão permite-nos manter os sonhos...beijinhos.

 
At fevereiro 09, 2009 8:55 da tarde, Blogger Poemas e Cotidiano diz...

Meu querido Amaral:
Sou daquelas que acredita que tudo
nesse mundo acontece por uma razao.
Ou uma aproximacao, ou uma "coincidencia", ou um fato...ou algo...seja o que for, eh colocado pelas Maos de Deus em nosso caminho.
Um beijo carinhoso
MARY

 
At fevereiro 10, 2009 11:32 da manhã, Blogger Carla diz...

assim é a ilusão doseada com a realidade dá cor à vida
beijos

 
At fevereiro 10, 2009 11:34 da manhã, Anonymous Secreta diz...

Não podemos viver sempre e apenas da realidade. É demasiado duro.
Beijito :)

 
At fevereiro 10, 2009 7:57 da tarde, Blogger Brisa do Mar diz...

O que por vezes não entendemos, não significa que seja irreal, mas sim que a nossa mente teve dificuldade em aceitar aquilo que viu...
Bjokas e fica bem!

 

Enviar um comentário

<< Home