Lisboa,

sexta-feira, março 20, 2009

anjo perdido


Tenho medo, anjo...
De não mais
poder sorrir para ti
De não mais
poder escrever sobre ti.

Tenho medo, anjo...
De perder de vista
o meu sorriso
De perder de vista
os meus poemas
e ficar nu
nesta estrada...

Nu de amor
e de carinho;
Nu e faminto
da vida...

Nu
sem ti,
Nu
num beco sem saida...

Amo tu, meu doce anjo!


13 Comentários:

At março 20, 2009 6:30 da manhã, Blogger frAgMenTUS diz...

6h26
oiço uma linda melodia de piana
leio um doce. e tb triste poema
escuto a declaração
assimilo-a
e regresso ao país dos sonhos
com 2 dos meus 3 anjos no colo
e desejo q esse teu anjo, de amor e poesia, te inspire sempre tão bem e te faça feliz
amanheceu lá fora
amanhece tb em mim, agora c um sorriso, c este lindo poema
grata por este momento, ao acordar
um bj

 
At março 20, 2009 12:47 da tarde, Blogger ci diz...

É tão lindo ter-se um anjo...:)

Ama-lo,acaricia-lo...

Beijo da ci

 
At março 20, 2009 1:09 da tarde, Anonymous Betania Lisboa diz...

Olá Amaral tudo bem?
"Blogar é construir pontes de amizade e conhecimento no espaço.
Você fez sua ponte hoje?"
Feliz dia do blogueiro.
Passa no meu diário e vamos construir pontes.
Um super abraço.

 
At março 20, 2009 1:48 da tarde, Blogger Laura diz...

Não tenhas medo
Que nada do que deste
Será deixado
Ao acaso.
Não tenhas medo
Nem te sintas
Abandonado
Porque o amor em ti
Será sempre demasiado!...

E o teu Anjo, se te amar
Esperará por ti, deste ou do outro lado!...

Grande abraço, a ti, de quem gosto tanto assim!... laura..

 
At março 20, 2009 3:42 da tarde, Blogger VC diz...

É bom sentir que temos sempre um anjo lindo ao nosso lado e sempre...
Obrigada pelas suas palavras
Abraço

 
At março 20, 2009 6:30 da tarde, Blogger Je Vois la Vie en Vert diz...

Não tenhas medo, amigo Amaral, porque os anjos nunca nos abandonam !

Bom fim de semana !

Beijinhos verdinhos

 
At março 20, 2009 9:09 da tarde, Anonymous Ana Paula diz...

Olá lindo Amaral.
Lindo este chamamento...onde quer que esteja o Teu anjo, ele, escuta-te.
Não duvides da força do que é, algures num tempo etéreo poderão escrever juntos o poema de amor e a estrada para onde ambos rumam, vos fará , reencontrar.
Um dia!!!!
As almas gémeas, nem sempre se encontram no mesmo plano...por vezes, têm que passar por dores e sofrimentos isolados, mas na certeza porém, que chegará o reencontro.
Mil beijos poeta lindo, coragem.

 
At março 20, 2009 11:17 da tarde, Blogger Paula Raposo diz...

O anjo está sempre connosco. Não o perdemos...beijos.

 
At março 21, 2009 6:03 da manhã, Blogger Conceição Duarte diz...

Amaral, seu anjo nunca vai te abandonar. Seu amor nunca mais vai te deixar.

Qto as meninas lorinhas, do Chiquinho e do Walter, eu ri demais com seu comentário e disposição em socorre-las prontamente! rsrsrsr Adorei sua disposição!

Mas que elas eram lindinhas, ah, isso eram mesmo!

Fique com Deus!
Um beijo, CON

 
At março 21, 2009 12:09 da tarde, Blogger Jonice diz...

Amaral, suspirei agora. Suspirei pela beleza do poema e suspirei por ter um anjo assim, que me faz sentir um medo tão semelhante ao que sentes. Suspirei porque este é um tipo tão precioso de amor.

Um beijo, amigo querido.

 
At março 21, 2009 5:51 da tarde, Anonymous Cöllyßry diz...

A maioria se esquece desse Anjo que noa acompanha,e ajuda neste caminhar em fisico...Lindo o poema

Beijo doce

 
At março 22, 2009 8:38 da tarde, Blogger Eli diz...

Sinto falta dos dias ou dos momentos que a poseia arrebatava o meu sentir, em que as palavras lidas ou escritas entoavam no meu ser de tal forma que pareciam ter sido feitas de mim e para mim.

:)

 
At março 24, 2009 2:08 da tarde, Blogger Siala ap Maeve diz...

Nunca ficarás Nu Amaral...mesmo despido, as asas do teu anjo vão sempre rodear-te e proteger-te. Mesmo despido, o Amor emanará de ti e para ti...Mesmo que não vejas, que não sintas, e que não tenhas respostas...nunca estarás nu, nem só.
Beijo meu

 

Enviar um comentário

<< Home