Lisboa,

quarta-feira, março 11, 2009

enquanto tiver palavras


Enquanto tiver palavras
vou dizê-las aqui
e mesmo que a minha voz
se faça longínqua no teu dia
eu estarei aqui
e estarei nos teus sonhos

Quando a solidão é companheira
sabe que
só as palavras me acalmam
são elas que me enternecem
são elas que me acompanham
nos segundos e nos minutos
que as horas transportam

Por isso
vou abraçar as palavras
aquecê-las no meu colo
e com elas respirar
pra depois soltá-las ao vento
e acordá-las em sonhos
nos meus sonhos
nos teus sonhos
em sonhos etéreos
celestes
aqueles que
para além do azul
têm outras cores
as cores do fundo do mar
as cores da aurora que adormece
ou dum sonho por sonhar


14 Comentários:

At março 11, 2009 12:10 da manhã, Blogger Maria diz...

Também preciso de palavras
para respirar...

Um beijo

 
At março 11, 2009 12:38 da manhã, Blogger frAgMenTUS diz...

as palavras são um meio de comunicação especialmente belo qdo imanadas com doçura, do coração, e vislumbradas pela poesia acerca da própria poesia da vida!

adorei a última estrofe, q linda...

bj

 
At março 11, 2009 12:45 da manhã, Blogger Jonice diz...

Enquanto tiveres palavras estarei aqui para lê-las e apreciá-las. Enquanto tiveres poemas viajarei por meio da imaginação como sempre acontece-me ao lê-los.

Beijo

 
At março 11, 2009 1:15 da manhã, Blogger Ana diz...

Ter as palavras por companhia, é uma excelente forma de afastar a solidão.
Gosto de te vir ler, Amaral.
Um beijo com amizade.

 
At março 11, 2009 2:49 da manhã, Blogger alice diz...

a palavra é o princípio do homem. o filósofo disse, penso logo existo, mas o acto de pensar só é possível na e pela palavra. e assim, tudo começa aí :) um beijo, amaral

 
At março 11, 2009 7:08 da manhã, Blogger Laura diz...

Bom diaaaa..
Por falar em sonhos, acordei a arrumar montes de chocolates nos fundos do guarda fatos..já nem cabiam mais e abria gavetas e mais apareciam...se for euritos no lugar deles, mas que sorte a minha! assim penso que...O que vou fazer hoje (tratar de um assunto que me trás nervosa) deve querer dizer que; descansa, que nada te vai faltar e vais ter tudo às mãos cheias...calma pariga...deve ser isso...
Beijinhos e sonhos, sonhos lindos cheios de realidades felizes..laura..

 
At março 11, 2009 7:57 da manhã, Anonymous Ana Paula diz...

Bom dia Amaral.
Que lindo poema, que linda troca de meiguices...
Existem palavras capazes de nos fazer voar, permanecer e desejar docemente.
Os sonhos, esses, quando partilhados desta forma tão doce, tornam-se em "never ending story"...
Mil beijos nesse coração lindo de poeta!
Um excelente dia para ti.

 
At março 11, 2009 11:35 da manhã, Blogger © Piedade Araújo Sol diz...

gostei destas palavras.

tem graça que também escrevi ontem algo sobre as palavras.

deixo um beij

 
At março 11, 2009 1:05 da tarde, Blogger Poemas e Cotidiano diz...

Meu querido Amaral!
Voce sempre terah palavras, e elas serao sempre com essa ternura desmedida que voce tem no seu modo de ser. Elas sempre se tornarao vivas em suas maos em forma de poesia.
Elas sempre cairao como cachoeiras de dentro desse seu lindo coracao!
Um beijo carinhoso
MARY

 
At março 11, 2009 5:13 da tarde, Blogger Maria Valadas diz...

Após um ano de ausência,venho abraçar as tuas palavras e envolver-me no teu doce poetisar.

Perdi o teu contacto... quando num acto de desespero apaguei todos os meus posts.

Retorno aos "lugares", em que fui tão feliz.
E o teu... é um deles. O teu poetisar é sereno e doce.

Beijo.

Maria Valadas

 
At março 11, 2009 6:46 da tarde, Blogger Vox Maris diz...

Gosta de música coral e sacra ?

Venha assistir ao concerto do dia 15 de Março às 16h no Salão Paroquial da Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Lisboa. Entrada livre.

Para mais informação, consulte o blog do coro VOX MARIS.

 
At março 11, 2009 8:44 da tarde, Blogger PreDatado diz...

Um bom poema, feito com palavras e... sonhos!

 
At março 11, 2009 9:19 da tarde, Blogger Eli diz...

:)

...enquanto houver palavras..

 
At março 13, 2009 12:10 da tarde, Blogger Paula Raposo diz...

Tão lindo o teu poema!!! Muitos beijos.

 

Enviar um comentário

<< Home