Lisboa,

sexta-feira, março 06, 2009

vou-te falar


Vou-te falar
das cores da noite
cores da luz escondida
cores que a alma vai pintando
nos quadros da tua vida

Vou-te falar
dos cheiros que conheço
dos cheiros que respiro
cheiros que enchem de flores
a carícia de um suspiro

Vou-te falar da certeza
da certeza que não tenho
da certeza que a outra vida
aquela que está esquecida
está na magia dum sonho

Vou por fim
falar de ti
da tua forma de ser
um dia vais ver o mundo
pla mão de quem te quer
deslumbrar-te-ão maravilhas
locais de loucas partilhas
mas serás sempre... Mulher


(Amaral Nascimento)

15 Comentários:

At março 06, 2009 12:13 da manhã, Blogger ci diz...

Fala fala...que é optimo ouvir-te..

Beijo da ci...tens prendinhas...:P

 
At março 06, 2009 12:41 da manhã, Anonymous Ana Paula diz...

Falas....
E ouço-te!
Troca justa.
Por vezes única, e a única, que se pode oferecer!
Lindo este teu poema meu querido, feliz da mulher que te inspira tais palavras....saiba ela ou não de tal sentimento poético!!!
Mil beijos no teu coração Amaral, fica bem e escreve...sempre muito!

 
At março 06, 2009 12:59 da manhã, Blogger Ana diz...

Um poema que também fala. De ti, Amaral. Das cores escondidas na tua alma.
Um beijo com amizade.

 
At março 06, 2009 1:03 da manhã, Anonymous Anónimo diz...

Há tanto que não te visitava...e como me fizeram falta estes teus sentires...espero que te encontres bem...
Um abraço agradecido meu Querido Amaral...
Obrigado...

Um Momento

(*)

 
At março 06, 2009 1:07 da manhã, Blogger Conceição Duarte diz...

Amaral querido!
Muito obrigada mais uma vez por vc estar aqui e me ajudando sempre. Nossa prosa é longa e aqui no post, só ficou o miolo.

Claro que a mulher não é só isso.
A mulher é antes de ser mãe, filha, tia, irmã... Seja lá o que for, - mulher! E como tal, ela tem desejos, sonhos, amores, dores, vontades, e pensamentos iguaizinhos aos de um homen.

Só que ela se segura demais.
Ela foi criada lá no começo de tudo, de forma a servir!
A servir o seu homem.
Em casa, servia a seu pai e irmão, passando roupa, lavando, fazendo comida. Casava-se para ficar livre disto e continuava pior....

Hoje, a mulher precisa e quer o seu canto, seu trabalho, sua vida, seu prazer e seu corpo em benefício dela própria.

Hoje ela não quer mais sair da cama com um homem sem gozar!

Mas nós mulheres criamos, ao menos aqui no Brasil, nossos filhos de maneira errada. Com mordomia. Com caprichos que em outro lugar do mundo ele jamais teria.
A mãe - protetora.

Alguns pais são maravilhosos, quase uma mãe! Mas na maioria das vezes, respeitamos a hora dele ler o jornal... A hora do futebol quando se tem apenas uma TV em casa, o domingo é dele e assim, apesar de estarmos em pleno século XXI, ainda vivemos em muitos lugares, em muitos lares.

Mas apesar disto tudo, a mulher luta para ocupar um lugar tanto no trabalho, onde ela se realiza igual a um homem, quanto ficar em casa e cuidar dos filhos, o que a deixa muito feliz.

O que procuramos é o encontro do equílibrio, como em tudo, para que a chegada do homem e da mulher, seja triunfante sem a competição idiota e sim de igual para igual.

Nós mulheres parimos vcs! Amamos vcs. Mas criamos nosso filhos com muitos erros de comportamento, e mais tarde, é que vamos colher este problema e não o fruto fácil de se comer e absorver.

De qq forma, a mulher é linda, forte e amiga! E uma casa sem mulher, raramente tem cara de casa com o toque feminino... Delicado. Sempre falta alguma coisa...

Mulher, mulher....
bjus e obrigada, vc é um amor!

CON

 
At março 06, 2009 1:08 da manhã, Blogger Conceição Duarte diz...

Quanto ao teu poema de hoje, parece que eu já o conhecia...rsrsrs de tão lindo !

Adorei suas palavras e gosto do jeito que escreves sobre. Vc passa um

ternura deliciosa, confortável e me encanta!

Um beijo
CON

 
At março 06, 2009 7:33 da manhã, Blogger Laura diz...

Oi. Bom diaaa, feliz, mesmo de guarda chuva! O poema, se não estou em erro, foi escrito para uma neta!...Pois o meu pai fazia isso, por vezes... Há aí um ensino para o futuro que se aproxima! será? posso ter-me enganado, mas...foi o que pareceu. Um beijinho e um dia bom. laura..

 
At março 06, 2009 9:42 da manhã, Blogger Maria Clarinda diz...

(...)Vou-te falar da certeza
da certeza que não tenho
da certeza que a outra vida
aquela que está esquecida
está na magia dum sonho


Maravilha de poema...
Jinhos mil

 
At março 06, 2009 11:33 da manhã, Blogger Poemas e Cotidiano diz...

Amaral querido!
Que beleza de poesia! Qualquer mulher se sentiria muito especial se um homem lhe dedicasse essas palavras.
Que lindo eh o azul do sonho, e a realidade do amor!
Quero agradecer as lindas palavras que voce escreveu no meu ultimo Post. Realmente eh tudo aquilo que voce falou, com sabedoria e profundidade.
Um beijo carinhoso dessa amiga que o tem no coracao!
MARY

 
At março 06, 2009 3:23 da tarde, Blogger Secreta diz...

Belissimo poema!
Por vezes, precisamos mesmo que nos falem...mesmo... mesmo...
Beijito.

 
At março 06, 2009 3:45 da tarde, Blogger Carla Silva e Cunha diz...

ola
hoje passo por aqui para convidar a ver o blog do meu pai
ele tem telas lindas e gostava que fosse ver.
deixe também um comentario
obrigado
beijinhos

http://www.acordeirodacunha.blogspot.com

 
At março 06, 2009 4:54 da tarde, Blogger alice diz...

caro amaral, tenho estado toda a semana dependente de computadores públicos para poder vir à net, e só hoje me foi possível vir cumprimentá-lo, mas volto na próxima semana com mais calma para o ler, hoje só queria mesmo agradecer as suas palavras n'a tradução e deixar-lhe com os votos de um bom fim de semana um grande beijinho.

 
At março 06, 2009 6:54 da tarde, Blogger Brisa do Mar diz...

Hoje vou ouvir-te...
Hoje vou aprender com as tuas palavras...
Porque tbém vou pintando a minha vida e acima de tudo porque sou Mulher...
Bj e Bom Fim de Semana, Fica Bem!

 
At março 06, 2009 11:54 da tarde, Blogger Fátima diz...

Olá Amaral!
Que bom é retornar a tua "casa" e deparar-me com esta bela homenagem á Mulher,que só poderia vir de alguem tao sencivel como tu....
Um meu sincero obrigada á parte que me toca como mulher e um enorme bem haja a tua musa inspiradora.


Deixo-te um beijo e um desejo de um optimo ffim de semana!

 
At março 07, 2009 1:35 da manhã, Blogger Eli diz...

:D

 

Enviar um comentário

<< Home