Lisboa,

quarta-feira, abril 01, 2009

busca o teu melhor


Busca o teu melhor
sem me escutares
sem medo de algum dia
caires no chão
se falhares

Busca o teu melhor
sem voltares a ser
menina tristonha
trazida dos sonhos
por acontecer

Quando o rio chegar ao fim
entre margens que amolecem
deixa que o vento fale
palavras que nunca acontecem

E quando a mãe natureza
levar o pranto pra lá

fica calma na partida
Pois a sede desta vida

essa nunca findará


(Amaral Nascimento)

13 Comentários:

At abril 01, 2009 1:11 da manhã, Blogger frAgMenTUS diz...

q lindo...
até parece q vem ao encontro do meu "esbatido":

hoje, escutaste a melodia do teu coração

susurro (in)contido que caminhou

ao de leve

como sopro divino de mim em ti


fragmento de eternidade

desvelamento de verdade

em sopro

carícia.

e beijo percorrido em teu tempo

distante

(a)guardado no vento


dilúvio de mim

cada vez mais perto de um fim

de sorriso?

lágrima?

ou toque?


o frio arrepia-me cada poro

em coração esbatido


abraço
noite feliz

 
At abril 01, 2009 1:24 da manhã, Anonymous Ana Paula diz...

Boa noite Amaral
Uma menina que chora sozinha junto do rio...
Lindo.
Beijos meigos, fica bem.

 
At abril 01, 2009 1:25 da manhã, Blogger alice diz...

apetece-me acrescentar, com base nesta linda fotografia, busca o sol em ti :) um grande beijinho, amaral.

 
At abril 01, 2009 10:27 da manhã, Blogger LUA DE LOBOS diz...

belo poema
para quando um post sobre vidas pasadas de crianças que as contam livre e inopinadamente ?

xi
maria

 
At abril 01, 2009 12:33 da tarde, Blogger Paula Raposo diz...

Um belíssimo poema Amaral, que parece escrito para mim...muitos beijos.

 
At abril 01, 2009 12:47 da tarde, Blogger Poemas e Cotidiano diz...

Querido Amaral,
Voce prima pela sensibilidade. A profundidade de suas palavras sempre me tocam de uma maneira especial.
Voce eh aquela pessoa que tem sempre, sempre, algo para dizer. Algo para fazer com que a gente pense de alguma forma, na vida.
Um beijo meu querido amigo!
MARY

 
At abril 01, 2009 8:05 da tarde, Blogger © Piedade Araújo Sol diz...

um poema belissimo, com uma foto a condizer.

um poema de sol, acho eu.

um beijo

 
At abril 02, 2009 1:18 da manhã, Blogger Jonice diz...

Adorei :)

Beijo, querido

 
At abril 02, 2009 4:27 da tarde, Blogger ci diz...

Adoro as tuas palavras querido amigo...

Beijo da ci

 
At abril 02, 2009 7:00 da tarde, Anonymous Cõllybry diz...

Na partida devia ser como na chegada...Alegria de ver retomar a vida na Eternidade...

Sempre belas palavras feitas Poemas...

Doce beijo

 
At abril 02, 2009 10:54 da tarde, Blogger Aidinha diz...

Amaral,

É lindo, pura inspiração!
Amei!

Beijo
Aidinha

 
At abril 03, 2009 12:33 da manhã, Blogger paula barros diz...

Vim conhecer. Gostei do que fala do seu Deus.

Um blog onde se sente brilho da alma. Poemas de amor, emoção, sentimentos. Mensagens de conforto. Reflexões.

Li a primeira página e gostei muito.

abraços

 
At abril 04, 2009 9:18 da manhã, Blogger Produções Amante das Leituras diz...

Amaral a música a luz das palavras tudo equilibrio encontrado para um Seres...

 

Enviar um comentário

<< Home