Lisboa,

sexta-feira, maio 22, 2009

quis voar


Quebrei as asas
e quis voar
nos ares da liberdade
foi um minuto
que fez do tempo
um altar
e criou a cor do azul
nas telas prateadas
dum sonho da cor do mar

quis voar
não tinha asas
apenas aquela visão
falei ao sol
falei ao vento
mergulhei na ilusão
lá longe no firmamento
longe da minha razão

Sem asas perdi o sonho
e a vontade de voar
sem asas revi a vida
dei asas à despedida
clamando o som do luar

subi então ao grão de areia
olhando a praia deserta
só estava eu
com a ilusão como certa
e nem a onda me fez sorrir
nem a brisa me viu partir
mas eu sabia que era a hora
o mar já tinha avisado
era tempo de m'ir embora



(Amaral Nascimento)

12 Comentários:

At maio 22, 2009 10:18 da tarde, Blogger Conceição Duarte diz...

Que maravilha voar...

Um beijo, e bom final de semana, CON

 
At maio 22, 2009 11:01 da tarde, Blogger Aidinha diz...

Amaral

Derrepente, voar quase não é nada
diante de tanta inspiração!!!

Quem poetou como você aqui, já estava voando há muito!

Beijo
Aidinha

 
At maio 23, 2009 11:25 da manhã, Blogger Jonice diz...

Querer voar e entregar-se ao querer é suficiente em si e faz abrir uma outra entrada no universo. Lindo poema, a ser lido e relido, Amaral.
Beijo :)

 
At maio 23, 2009 12:48 da tarde, Anonymous Ana Paula diz...

Olá Amaral.
Quando seu coração sonha, deixe-o sonhar...
Quando sua mente recorda um determinado momento e sorri docemente, deixe-a sorrir...
Sinta livremente e deixe que suas asas o libertem, sonhar faz bem!
E o sonho é tão somente um dia depois de amanhã...realize-o!
Mil beijinhos e bom fim de semana!

 
At maio 24, 2009 1:24 da manhã, Blogger Poemas e Cotidiano diz...

Querido Amaral!
Que bom que para voar nao precisamos de asas, nao eh mesmo?
So basta viajar com o pensamento.
Um beijo carinhoso
MARY

 
At maio 24, 2009 5:15 da tarde, Blogger alice diz...

e voar sobre o mar deve ser o auge de qualquer poema :) um beijinho, amaral. bom domingo!

 
At maio 24, 2009 8:41 da tarde, Blogger Papoila diz...

voar sempre mesmo que as asas sejam de sonho :)
Partir pode ser o começo da viagem desse mesmo sonho.

Bom Voo
Beijos
BF

 
At maio 24, 2009 10:24 da tarde, Blogger Lua Erótica diz...

Tempo de ganhares asas e voares sempre! Um poeta voa livre com a imaginação!

Beijo doce

 
At maio 26, 2009 4:51 da tarde, Blogger Brisa do Mar diz...

Tudo te inspira, o sol, o mar, o som das aves , a brisa... Tu sabes escutar a tua voz interior, por isso tens a capacidade de fazer a diferença. Beijinhos desta amiga que se ausentou um pouco, mas está de volta.
Fica Bem!

 
At maio 27, 2009 12:08 da manhã, Blogger Eli diz...

Voar de felicidade.

:)

 
At maio 28, 2009 12:21 da manhã, Blogger vero diz...

A autora, Verónica Mendes, a Junta de Freguesia de Marrazes e a Edium Editores, têm o prazer de convidar V.Exª. a estar presente na sessão de lançamento do romance "Não Morras Sem Mim", a ter lugar no Salão Social da Freguesia, no próximo dia 6 Junho, sábado, pelas 21.30 horas.

 
At maio 28, 2009 10:32 da tarde, Blogger tb diz...

Voar nas asas da poesia. Sempre que venho aqui sinto-me voar com tanta inspiração.
Abraço

 

Enviar um comentário

<< Home