Lisboa,

quarta-feira, julho 01, 2009

com cores reais


Cansaço esbatido
cruzado no ar
tisnado de cinza
luzindo ao luar
fiz dele cruzada
deitado nos céus
um manto de brilhos
verdade sem véus
jogado na fonte
refeito no fundo
grudado na sina
da tela oriundo
fiz juz da verdade
com cores reais
dei voltas ao norte
ao sul muitas mais
reflexos do sol
candeeiros de luz
espasmos de amor
que à lua seduz
contando às estrelas
fiz o longe mais perto
espraiei o desejo
pra lá do deserto
o conto de fadas
ficou plo caminho
o livro da vida
vou lê-lo sozinho
sentado no brilho
num som escorreito
pra lá do olhar
bem dentro do peito
jorrou a justiça
quebrou-se o feitiço
nasceu outro dia
sem mais reboliço
e cantaram as almas
murcharam as dores
nasceram sorrisos
pra mais criadores

(Amaral Nascimento)

7 Comentários:

At julho 01, 2009 12:33 da manhã, Blogger Conceição Duarte diz...

Meu amigo, como vai?

"Quando as almas cantam...Murcham as dores?!" Amei isso, é lindíssimo!

Um grande beijo, CON

C
O
N

 
At julho 01, 2009 1:54 da manhã, Blogger ci diz...

Beijinho sem palavras...

 
At julho 01, 2009 3:31 da manhã, Blogger o que me vier à real gana diz...

Olá, boa noite!

Bom, muito bom!
... e a vida, de "agoras" feita, espera por nós, está à espreita!

Abraço

 
At julho 01, 2009 9:49 da manhã, Blogger Paula Raposo diz...

E assim tem que ser a caminhada...beijinhos.

 
At julho 01, 2009 2:04 da tarde, Blogger Laura diz...

Olá meu amigo. Passamos tempos infindos sem nos vermos, mas, apareci num momento de poesia linda, num momento em que estendeste os teus pensamentos e sonhos no beiral de Deus..
gostei imenso, tanto que vou bisar..
beijinhos da laura.

 
At julho 02, 2009 12:59 da manhã, Blogger Cláudia diz...

Peço desculpa se me torno repetitiva, mas as únicas palavras que me chegam são- Que bonito, Amaral.Que bonito.O que senti ao ler estas palavras foi uma melancolia.Mas doce, tão doce...
Será que foi assim que sentiste o que escreveste?

 
At julho 02, 2009 6:47 da tarde, Blogger Jonice diz...

Ah esse teu jeitinho de juntar letrinhas, Amaral! Tão maravilhoso...

Beijo :)

 

Enviar um comentário

<< Home