Lisboa,

terça-feira, agosto 25, 2009

os deuses de deus


Tomara que todos atirassemos cá para fora as muitas e grandes dúvidas que nos incentivam a procurar, a procurar, a procurar...

A caminhada de todo o ser humano, nesta Terra tão díspare e, ao mesmo tempo tão bela e esplandescente, não pode ser um calvário ou tormento doentio. Toda a caminhada, por vezes recheada de fé e certezas para uns, outras vezes complexa e sofredora para outros, tem que ter um sentido divino , um propósito individual, uma meta espiritual.

A simplicidade dos nossos corações terá que orientar a simplicidade dos nossos propósitos. E só na paz, na aprendizagem (ou relembrança) calma e paciente, sem desespero nem sofreguidão, sem pressas ou desnortes - somente no sossego interior das nossas consciências poderemos vislumbrar o lado mágico que toca o Deus de cada um.

Não creio que Deus esteja a ocultar de Si próprio que é Deus! Se, no princípio, nada mais era senão AMOR, chegou O instante em que Ele quiz experimentar a sua magnificência, quiz "viver a vida"... E que ideia mais maravilhosa do que a de dividir-Se em Seres de Luz para alcançar essa finalidade! Nós somos os intervenientes activos do Seu propósito. Nós somos, assim como todo o universo, o transbordamento de Deus dentro de Si mesmo. "Tudo é luz e tudo está certo quando apenas SOMOS, sem mais nada!"

Disse eu à amendoeira:

- Irmã, fala-me de Deus.

E a amendoeira floriu.

5 Comentários:

At agosto 25, 2009 12:38 da manhã, Anonymous Ana Paula diz...

Olá Amaral.
Que visão espiritual ampla, é esse optimismo que nos faz vir aqui e te ler...
Por vezes, encontramos algumas respostas. Coincidências?..rs, não!
Sincronismo.
Sem desespero, entorpecimento ou mágoa.
Numa calmaria docemente pura!
És um iluminado....e tens sido de certa forma, em alguns momentos a candeia que alumia quem por aqui passa!
Beijinhos e fica bem amigo.

 
At agosto 25, 2009 12:29 da tarde, Blogger Siala ap Maeve diz...

Querido Amaral! Belíssima reflexão esta...por vezes não é facil termos essa verdade sempre presente. Contudo é tudo o que temos e tudo o que precisamos...obrigada :)
Um beijo de luz

 
At agosto 25, 2009 2:44 da tarde, Blogger Papoila diz...

Um beijo... vou com a luz que bebi nas tuas palavras.
BF

 
At agosto 25, 2009 8:43 da tarde, Blogger Paula Raposo diz...

Gostei imenso deste teu post, Amaral! Imenso. Beijos.

 
At agosto 26, 2009 6:28 da tarde, Blogger ci diz...

nao é facil ver uma amendoeira florir...

Beijo da ci

 

Enviar um comentário

<< Home