Lisboa,

sábado, setembro 12, 2009

cruz pesada

"Nem tudo o que parece é"...
Caminhamos estrada fora, com esta ou aquela cruz, subindo, descendo, tropeçando, por vezes...
Todos temos uma missão. Nem sempre o reconhecemos. Nem nos damos conta. Mas sempre, em cada período da vida, fazemos algo que é um impulso nascido do interior...
Um pequeno gesto pode esconder uma mensagem. Se nos apercebemos de tal coisa, não fiquemos indiferentes. Passemo-la. Um pouco de nós pode significar muito para alguém.
"O importante é passar a mensagem"...
Como dizia a Angel of Light "... é bom que se abra os olhos bem rápido"...
Naturalmente, as opções são SEMPRE de cada um.

video

3 Comentários:

At setembro 12, 2009 11:18 da tarde, Blogger Cláudia diz...

Espectacular!!! E se um pouco de nós pode significar muito para alguém, como tu muito bem dizes,agradeço teres-nos dado tanto com o pouco que hoje trouxeste aqui.O que temos de vivenciar, temos de vivenciar.De nada adianta tentar ir por atalhos, enfiar a cabeça na areia, ou passar uma tarde no shopping.A vida é feita de dualidades, e para vivermos um lado, não podemos negar o outro.Precisava MESMO ver isto.Um abraço infinito para ti...

 
At setembro 12, 2009 11:23 da tarde, Blogger Paula Raposo diz...

Claro. Beijos.

 
At setembro 16, 2009 10:56 da tarde, Blogger Chill on Kaos diz...

Esta mensagem fez-me pensar muito, Amaral... Estou sempre a reclamar do peso da minha cruz, mas nada acontece por acaso. E se por vezes ela me parece pesada demais para mim, certamente irei beneficiar com isso futuramente. Seja por lições que preciso aprender, seja por experiências que me farão crescer e abrir os olhos. Não é resignar-me, mas aceitar o meu destino, a minha cruz, que nem sempre é tão pesada como julgo... Obrigada por tudo o que tens feito por mim. Mesmo!

 

Enviar um comentário

<< Home