Lisboa,

sábado, setembro 19, 2009

a vírgula pra descontrair


A Vírgula pode ser uma pausa... ou não.
Não, espere.
Não espere.

Ela pode fazer sumir o seu dinheiro.
23,40 €
2,34 €

Pode ser autoritária.
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado.

Pode criar heróis.
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.

E vilões.
Esse, juiz, é corrupto.
Esse juiz é corrupto.

Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.


A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.


A vírgula pode condenar ou salvar.
Não tenha clemência!
Não, tenha clemência!

Uma vírgula muda tudo...


Onde é que você metia a virgula na seguinte frase...????

"Se o homem soubesse o valor que tem a mulher andaria de gatas à sua procura."


Muito simples:
Se você for mulher, certamente coloca a vírgula depois da palavra "mulher". Assim:
"Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de gatas à sua procura."

Se você for homem, coloca a vírgula depois da palavra "tem". Assim:
"Se o homem soubesse o valor que tem, a mulher andaria de gatas à sua procura."

7 Comentários:

At setembro 19, 2009 11:32 da manhã, Anonymous Ana Paula diz...

Olá Amaral, bom dia.
Rsrsrs...engraçado este post!
É verdade, a colocação da virgula minúscula...altera todo o sentido de uma ideia.
Por vezes, optar pela sua omissão, rsrsr, é mais fácil...tem-se a certeza de não ferir a susceptibilidade de quem lê! Seja qual for a intenção!
Gostei, fez-me sorrir!
Beijocas e desejo-te um excelente fim de semana.

 
At setembro 19, 2009 11:07 da tarde, Anonymous Anónimo diz...

Esta última frase fica bem é sem vírgulas, porque as duas expressões são muito verdadeiras!

 
At setembro 19, 2009 11:08 da tarde, Anonymous Anónimo diz...

Porque raio havemos de andar de gatas?

 
At setembro 19, 2009 11:10 da tarde, Anonymous Anónimo diz...

Olá,
As discussões que uma vírgula pode trazer à ribalta..
bj

 
At setembro 20, 2009 6:43 da tarde, Blogger Papoila diz...

Um beijo
Sem vírgula
BF

 
At setembro 20, 2009 7:25 da tarde, Blogger Lídia Borges diz...

É interessante o que uma vírgula pode fazer, mas é bom não esquecer que ela é do género feminino... :)


L.B.

 
At setembro 21, 2009 8:29 da tarde, Blogger Paula Raposo diz...

Por essas e por outras é que nunca poderia ter seguido Direito!! Eh eh eh

Beijinhos.

 

Enviar um comentário

<< Home