Lisboa,

sexta-feira, maio 28, 2010

assim é preciso


No sonho apagado
no riso desperto
no livro apagado
dum brilho secreto
no doce sossego
no canto aninhado
no firme aconchego
dum lar sossegado
sai firme o teu riso
tão longe e tão perto
assim é preciso...


3 Comentários:

At maio 28, 2010 12:58 da tarde, Blogger Ana Paula diz...

Olá Amaral, lindas palavras.
Beijo com carinho.

 
At junho 03, 2010 9:18 da tarde, Blogger tb diz...

sempre encantantivo...

 
At junho 24, 2010 10:54 da tarde, Blogger Catty diz...

NÃO RESISTI...ENVIEI AO MEU AMOR

LINDO MESMO...

SMILING ALWAYS

 

Enviar um comentário

<< Home