Lisboa,

domingo, maio 15, 2011

rainha do céu e do mar



E assim, vamos pincelando com ternura uma tela de cores suaves, tranquilas e um sonho que, sonhando o mais dos apaixonados, jamais poderia equiparar o nosso, assim pintado.
E sinto-te sim!
Na luz do amanhecer e nas cores ténues do entardecer.
E ainda nas brilhantes estrelas, ao anoitecer...
Hoje... recordo as tuas palavras e apenas sei que acordei desse sonho, sorrindo, ainda te sentindo.
Levantei-me e fui tranquilamente tomar um café lá fora na varanda...sentindo o despertar para mais um dia maravilhoso de sol, cores e alegrias.
Fazes-me tanto bem...doce anjo!
Fazes-me sonhar o sonho de outros lugares.
Fazes-me abrir duas asas na imaginação dum ribeiro cristalino.
O teu sonho viaja no vento, conduz-nos pelas águas do tempo, pela noite, pelo mundo imenso...
Um dia, a luz vai entrar no teu arco-íris e serás rainha. Serás o que sempre foste. Rainha-mãe, rainha-mulher, rainha-criança.
Porque a Vida tem tesouros que te são mostrados quando a onda rebenta na praia e restitui o oceano à sua glória...

(retirado de "Extractos de um sonho")

3 Comentários:

At maio 15, 2011 12:54 da manhã, Blogger A P diz...

Olá doce Amaral.
Tão lindo....
Quem me dera saber fazer assim...sonhar, sem fazer doer.
Beijos, tem um domingo lindo. Bjinho

 
At maio 15, 2011 12:51 da tarde, Blogger Papoila - BF diz...

Doce sonhar. Há sempre tanta ternura nas tuas palavras.
Bom Domingo

Beijo

 
At maio 17, 2011 7:57 da tarde, Blogger MM - Lisboa diz...

Que sonhos tão doces e belos!
jinho

 

Enviar um comentário

<< Home